domingo, 7 de março de 2010

E AS ELEIÇÕES?

Já estamos em março e os políticos estaduais ainda não apareceram em Alto Parnaíba atrás de nosso pequeno eleitorado. Provavelmente, algumas lideranças locais já estariam negociando o voto de nosso povo, tão esquecido e desprezado pelas elites do Maranhão após os pleitos e a conquista do sufrágio.

Até o momento, permaneço com o pensamento de defender a nulidade do voto do eleitor alto-parnaibano, principalmente para deputado estadual e federal. Se nosso município é o mais distante em relação ao centro de decisões políticas e de poder do estado e se nosso eleitorado é pequeno, como dizem costumeiramente as chamadas lideranças de São Luís, quais as razões de votarmos? Se nada é feito por nossa terra, por que teríamos de votar em alguém para os cargos estaduais e federais? Talvez com a maioria de votos nulos, nossa comuna chamaria a atenção da mídia.

No mais, quando as realidades municipais se refletem nos demandos verificados nas capitais do poder, fico com a já célebre frase do ministro Ayres Britto no julgamento do HC impetrado pela defesa do governador afastado do DF, José Roberto Arruda, negado pelo STF: ALGUÉM PARA CHEGAR NAS MAIORES ALTURAS COMETE AS MAIORES BAIXEZAS. Valeu, juiz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias