domingo, 1 de maio de 2011

DELEGADO EM ALTO PARNAÍBA

Na semana passada, o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Jamil Gedeon, suspendeu os efeitos da tutela antecipada - ou liminar - concedida pelo juiz de direito da comarca de Alto Parnaíba, no extremo sul maranhense, que, atendendo pleito do Ministério Público, através do promotor José Márcio, havia determinando ao governo estadual a nomeação, em dez dias sob pena de multa diária de R$ 50 mil, de delegado de polícia civil como titular de nosso município.

Alto Parnaíba se encontra há mais de três anos sem delegado próprio.

Ao pedir a suspensão da decisão limitar do juízo singular, o presidente do TJ entendeu que haveria ingerência desnecessária de um poder em outro, ao mesmo tempo em que o Estado ponderou da impossibilidade humana de atender ao pleito que considera razoável.

Entretanto, para o bem de Alto Parnaíba, a secretaria de segurança pública está mantendo, como delegado de polícia no mais distante município maranhense com relação a São Luís, o experiente policial, bacharel Guilherme Sousa Filho, que, mesmo titularizando uma delegacia há mais de mil quilômetros de distância, está atuando com eficiência e assiduidade, inclusive dando andamento e concluindo importantes investigações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias