sábado, 20 de outubro de 2012

MAIS UMA CASA QUEIMADA EM ALTO PARNAÍBA

Mais uma família de Alto Parnaíba, no extremo sul do Maranhão, perdeu o pouco que tinha no incêndio que destruiu em poucos minutos a sua casa de morada, ou casebre coberto de palhas, no residencial Santa Clara, também conhecido como Portelinha, próximo ao bairro São José.

A família de José dos Santos Trindade (Zé Boca Viva) e Isabel Noronha está sem teto. Mesmo humilde, rústico e sem o mínimo conforto que pudesse garantir alguma dignidade à sua condição humana, era a casa de residência deles. Assim como centenas de outras na cidade e no interior do município, as casas são cobertas de palha de piaçaba, com paredes de adôbe ou mesmo de palha ou talos de buriti, como piso o próprio chão, sem banheiro, com deficiência crônica no fornecimento de água potável, sem saneamento.

Em Santa Filomena, cidade do outro lado do Parnaíba piauiense, o governo municipal, na administração do ex-prefeito Ernani de Paiva Maia, e com complemento pelo atual prefeito Esdras Avelino Filho, construiu, em parceria com a Caixa Econômica Federal, quase trezentas casas populares, formando novos conjuntos habitacionais, favorecendo, acima de tudo, as famílias mais desassistidas da sociedade. No lado maranhense do Velho Monge, nenhum conjunto de casas populares foi construído, ao contrário, consta que nenhuma casa foi levantada. É uma política administrativa malvada, discriminadora, ineficiente, omissa, conservadora.

Enquanto o desenvolvimento econômico cresce, a população empobrece. Falta tudo em Alto Parnaíba nos setores mais vitais da administração pública municipal. Falta moradia, assim como faltam hospitais, postos de saúde, água potável nos bairros e na zona rural, estradas, pontes, escolas, assistência social... Falta, acima de todos os males, vergonha nos governantes, aliada a uma desumanidade e ausência completa de espírito público que castigam gerações. É o fato.

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias