segunda-feira, 16 de novembro de 2009

FALTA DE RESPEITO

Desde o início da manhã, o que se tornou comum, Alto Parnaíba e Santa Filomena se encontram sem energia elétrica, o que ocorre periodicamente há longas três décadas.

Nenhuma explicação da CEPISA ou da CEMAR, as duas prestadoras desse essencial serviço público nos dois estados mais pobres e corruptos do país. Não existem dúvidas: os níveis alarmantes de pobreza, de atraso em todas as áreas sociais e econômicas, incluindo o fornecimento de energia elétrica, no Maranhão e no Piauí se originam em sucessivos governos sem espírito público, sem comprometimento com políticas corretas e permanentes de desenvolvimento, que do público desejam unicamente o dinheiro do público.

Estou escrevendo aproveitamento o restante da bateria do computador. O calor é insuportável. Todas as pessoas que recebi hoje, de níveis sociais e intelectuais distintos - desde o empresário até a lavradora e o pequeno comerciante -, demonstram a mesma indignação com essa falta de respeirto e de consideração pelas populações dos dois municípios co-irmãos, abandonados e relegados ao esquecimento pelo Estado.

Em Santa Filomena, no próximo dia 30 de novembro deverá ocorrer uma audiência pública na Câmara Municipal, iniciativa do vereador José Damasceno Nogueira Filho, o Zé de Biga, cujo tema será a energia elétrica e a sua falta constante, tendo por debatadores convidados o prefeito Esdras Avelino Filho, o juiz de direito, Dr. Juscelino Norberto da Silva Neto, o promotor de Justiça, Dr. Rômulo Cordão, a advogada do cidadão, Dra. Ana Luisa Polesso Dalla Barba e representantes da CEPISA e da ANEEL - Agência Nacional de Energia Elétrica. Chegou a hora da sociedade tomar as rédeas da situação, pois o problema atinge os municípios e isso pouco importa aos poderes políticos e institucionais centralizados em Teresina e em São Luís.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias