segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

FALTA ADMINISTRADOR PÚBLICO

A administração pública do município de Alto Parnaíba, no extremo sul maranhense, mesmo de forma torta ainda funciona; o que inexiste é administrador público. Ou alguém, com o mínimo de inteligência e racionalidade, acredita que Alto Parnaíba possui um administrador público de fato? De direito, sim, pois recebe os recursos públicos, emite cheques, assina contratos, recebe salário de R$ 12 mil por mês, nomeia e demite funcionários e assessores, além de ostentar o título e o status de prefeito. No dia a dia de gestão, de administração, de governo, o mais meridional município do Maranhão não tem prefeito comprometido com a eficiência, a transparência, o planejamento, a capacidade administrativas, princípios caros à administração pública. Aqui, a modernidade deu lugar ao atraso, à mais retrógrada política de governo no já atrasado e maltratado Maranhão.

No final de semana, com festa regada a churrasco, banda, bebida, combustível de graça, o prefeito Ernani Soares conseguiu inaugurar uma obra: uma ladeira na Fazenda Mundéu. A notícia da obra é boa; a farra com o dinheiro público, não. Entretanto, para chegar ou sair da ladeira não existe estrada ou praticamente inexiste, já que o carreiro é um dos piores na caótica malha rodoviária de Alto Parnaíba.

Na cidade, lixo, mata, lama e buracos tomam conta das vias públicas. A imagem abaixo retrata o descaso do administrador público, que sequer cuida das pequenas tarefas de gestão que são rotineiras, como manter as ruas limpas e sem buracos. O buraco (bueiro aberto), fartamente divulgado na internet, com um pau para avisar a pedestres e motoristas do perigo que representa fica situado em um dos pontos mais movimentados de Alto Parnaíba, na avenida Rio Parnaíba em frente à praça vereador Homerino Segadilha, a poucos metros do prédio da Prefeitura. É o jeito deleS de governar!
Imagem: reprodução do blog Folha Mistura Total, de Raildson Rocha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias