quarta-feira, 3 de agosto de 2011

DEIXEM A POLÍCIA TRABALHAR

No município mais meridional do Maranhão tudo pode acontecer. Atualmente a Polícia Militar maranhense tem em Alto Parnaíba um comandante eficiente, honesto, ágil, inteligente, que melhorou bastante a segurança de todos em nossa terra. Mas, nem o sargento Josicleber Oliveira Silva consegue conter os ânimos de autoridades municipais em se imiscuir nas atribuições policiais, interferindo diretamente para soltar deliquentes.

Raro não se presenciar prefeito, ex-prefeito, secretários, vereadores e até familiares do chefe do executivo local e pré-candidatos às eleições do próximo ano na porta da delegacia de polícia tentando soltar presos e depois, quando conseguem, indo retirá-los pessoalmente da cadeia, desfilando com o troféu pelas ruas da cidade. Ontem mesmo eu presenciei isso. Em casos assim, não são os advogados que comparecem para a defesa de seus constituintes, mas políticos desprovidos de qualquer responsabilidade com o bem coletivo, infringindo a lei, interferindo indevidamente nas atribuições de outras autoridades e de outra esfera de poder.

Essa intervenção atrapalha o bom andamento do trabalho da polícia. É preciso que o Estado reaja e que o Ministério Público dê apoio institucional ao comandante da PM e a seus subordinados, que se vêem coagidos pela força da autoridade municipal, pois até a alimentação dos policiais é custeada pela Prefeitura, ante a ausência do Estado do Maranhão.

Lugar de prefeito é dando expediente na Prefeitura, indo em busca de recursos e acompanhando obras reais e não fictícias, sem telefone celular permanente na orelha (nunca está falando com ninguém, apenas se esquivando de algum cobrador). Alto Parnaíba ainda vai ter jeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias