quarta-feira, 30 de setembro de 2009

O RETORNO

Desde sexta-feira última, Alto Parnaíba e Santa Filomena estavam sem Internet. No meu caso, além do aspecto pessoal, o profissional. Aos operadores do direito em geral, como à humanidade no todo, a Internet é indispensável. Aliás, a modernidade existe exatamente para isso, ou seja, antes de conhecer convivemos cordatamente. Recebo, como a maioria dos nossos usuários, o sinal da OI por via de uma prestadora de Floriano, no Piauí, a GurgueiaNet ou FlorianoNet, que respondeu positivamente um ameno protesto que lhe enderecei ontem, solucionando na manhã de hoje o problema.

Alto Parnaíba vive a expectativa de uma audiência pública com a presença do correto e prudente promotor de Justiça, Dr. Rosalvo Bezerra Lima Filho, que responde por nossa comarca, na próxima sexta-feira, 02 de outubro, que atenderia pedido do ex-secretário municipal de Educação, Lemos da Silva, e de alguns vereadores, objetivando discutir a atual administração de Alto Parnaíba. Não conheço qualquer documento ou provas porventura existentes. Recebi em meu escritório de advocacia, na segunda-feira, o prefeito Ernani do Amaral Soares, acompanhado de seu filho, João Marcelo, também seu chefe de gabinete, que demonstrou tranquilidade e ouviu de mim, colocações que fiz aqui no blog e que foram mal compreendidas apenas por uma pessoa da família. Eu estava certo e o Ernani assim ponderou. Minhas posições são claras e diretas; não sou anônimo. Ernani foi eleito pelo voto do povo e está apenas há nove meses à frente do governo municipal. É um bom homem e possui uma excelente formação intelectual e moral. É possível reverter o quadro, que não deixa de ser grave, entretanto, depende, no meu ponto de vista, exclusivamente da vontade dele, o prefeito Ernani Soares, em assumir de fato o poder e o governo; afastar algumas pessoas; convocar concurso público e pôr fim a essa onde de contratações - que não é obra apenas dele -, mas que, além de não agradar a maioria dos beneficiários, fere a Constituição e cria um vício extremamente condenável, do empreguismo fácil; explicar à população os cortes drásticos no fundo de participação e no FUNDEB, impostos pelo governo federal; estruturar a máquina administrativa para ser mais produtiva e eficiente; priorizar os gastos e ações, em momento de crise. Enfim, recebi a visita e retribui cordialmente. O prefeito pode e deve recuperar a credibilidade em geral. Acredito que Ernani conseguirá. No mais, é esperar, pois os interesses dos oposicionistas de agora não são tão republicanos assim.

A minha família levou um tremento susto com um derrame cerebral que acometeu minha tia Tirzah no último dia 25. Ontem deixou o hospital e está em casa, na velha casa de fundos para o rio Parnaíba, onde todos os filhos dos meus avós paternos, Ifigênia e Antunim Rocha nasceram. Tirzah de Araújo Rocha, 80 anos de idade, nunca se casou e dedicou a vida a cuidar direta ou indiretamente dos sobrinhos e dos irmãos. De todos os irmãos, apenas ela e Júnia de Tarso, que já se encontra em Alto Parnaíba cuidando da irmã, felizmente entre nós. A sua recuperação é surpreendente, cercada do carinho de toda a família Rocha, de vizinhos, de amigos e de outros parentes. Oramos a Deus por seu retorno alegre, positivo e muitas vezes de reclamações (sempre pensando no nosso bem), entre nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias