domingo, 29 de abril de 2012

ONDE ESTÃO BENS DOADOS PELO DNIT À PREFEITURA DE ALTO PARNAÍBA?

A pergunta continua a calar fundo na cidadania quando apenas hoje, 29 de abril de 2012, tomei conhecimnento, após buscas na internet, de uma vasta doação de bens móveis que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT -, órgão vinculado ao Ministério dos Transportes, fez à Prefeitura Municipal de Alto Parnaíba, no extremo sul maranhense, em 09/07/2007 (data da assinatura), quando prefeito Ranieri Avelino Soares (PV), conforme extrato de doação nº 1/2007, publicado no Diário Oficial da União de 11/07/2007, edição nº 132, seção 3, página 83.

O termo de doação foi assinado pelo superintendente regional do DNIT no Maranhão, Gerardo de Freitas Fernandes, e pelo então prefeito Ranieri Soares (foto abaixo) nos autos do processo nº 50615.000.227/2005-18, cujo pedido de doação foi ratificado pela diretoria colegiada do DNIT na pauta de 24/04/2007. Os bens móveis doados, ou seja, dados gratuitamente e sem quaisquer ônus ao município, pelo governo federal, através desse departamento que vive nas páginas policiais, à Prefeitura do município sul maranhense são os seguintes: APARELHOS E EQUIPAMENTO DE COMUNICAÇÃO; COLEÇÕES E EQUIPAMENTOS BIBLIOGRÁFICOS; MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS ENERGÉTICOS; EQUIPAMENTO E PROCESSAMENTO DE DADOS; MÁQUINAS, FERRAMENTAS E UTENSÍLIOS DE OFICINA; MOBILIÁRIO EM GERAL; VEÍCULO DE TRAÇÃO MECÂNICA, marca Ford F1000, ano e modelo 1995, carroceria aberta, Chassi BAFETNL 25SJ041902, a gasolina, cor branca, prefixo CTF 6533, Placa HOO 1925.


Imagem: Dhiancarlos Pacheco.

Como nada foi divulgado pela Prefeitura na época, fica a dúvida: esses bens públicos municipais ainda existem? Será que, de fato, consta do inventário patrimonial da Prefeitura? Será que foram empregados em prol e benefício da comunidade alto-parnaibana? Na minha terra o portal transparência do governo municipal continua não informando nada, deixando o patrão, ou seja, o povo, sem saber como e nem onde o seu patrimônio, os seus bens, o seu dinheiro é aplicado. Não estou colocando em dúvida a honrabilidade de quem quer que seja, mas seria importante que o ex-prefeito se pronunciasse e mesmo a atual administração, já que o Poder é efêmero, os governantes passam e desaparecem e o Poder e a Prefeitura permanecem imortais, intocáveis, insubstituíveis. No caso concreto de Alto Parnaíba, sofrível Prefeitura.




Prefeito Ernani Soares. Foto: reprodução BPI
Quanto ao DNIT, ao iniciar a  leitura do extrato pensei que se tratasse de uma boa (talvez a primeira) notícia para Alto Parnaíba, onde nenhuma estrada foi construída até agora a partir desse órgão federal, nem mesmo o trecho da BR-235 entre minha terra natal e a cidade de Lizarda/TO, a 120 km, cujo carreiro piora a cada ano e é o mesmo de décadas atrás. Para se ter uma ideia, se os produtores da Serra da Babacaba não melhorassem a cada safra o trajeto até a cidade a produção não seria transportada. O ônibus, o único a fazer a linha, não chega à cidade de Alto Parnaíba, deixando ou conduzindo os passeiros a partir do povoado de Morrinhos, aproximadamanete 50 km de distância, em carroceria de caminhão. É uma verdadeira lástima!   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias