quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ALTO PARNAÍBA MERECE O BB DE VOLTA



Quando do fechamento drástico da agência do Banco do Brasil no município sul maranhense de Alto Parnaíba há dez anos, já não existia razão alguma que pudesse justificar a decisão impensada e prejudicial ao franco desenvolvimento de uma região rica em terras, com agricultura já estruturada, propícia à pecuária, ao comércio, à indústria - indústrias de calcário estavam instaladas -, aos serviços, com excelente localização geográfica.
Movimento popular contra o fechamento da agência do BB. Fotos: arquivo pessoal.

Mesmo sem a agência do BB, que por anos foi a terceira em movimentação financeira no Maranhão e a maior no sul do estado, a agricultura em grande escala cresceu vertiginosamente e com a introdução de outras culturas, como do algodão, a pecuária voltou a se recuperar e com melhoria do rebanho, o comércio cresceu, as indústrias de calcário ampliaram, o desejado trecho da MA-006 entre Alto Parnaíba, Tasso Fragoso e Balsas até que enfim foi pavimentada, os serviços de luz e telefonia se ampliaram e a qualidade avançou, a renda das famílias aumentou, o desemprego praticamente não existe em face principalmente das fazendas-empresas e do agrenócio, que se instalou em definitivo no município, onde uma área próxima à cidade e à margem da rodovia estadual acima mencionada sinaliza para um futuro distrito industrial e comercial.



Ontem o Bradesco inaugurou sua agência em nossa cidade. É o maior banco privado do país a reconhecer o crescimento econômico de Alto Parnaíba. Sabemos das limitações do poder público e da administração municipal, carente até de capacidade de gestão e movida pelo danoso combustível da inoperância e da falta de espírito público aliado à ingênua certeza da impunidade (para não ir além) e do cinismo com a coisa pública descarado em vários setores do governo. Entretanto, a gente e o município estão acima de gestões passageiras, cujo voto autônomo da maioria aniquila com os maus governos, é a regra. Precisamos de mais investimentos e a vinda de grandes produtores rurais para Alto Parnaíba é constante. Agora, falta o retorno da agência do Banco do Brasil, com uma política voltada também ao atendimento e financiamento do pequeno e médio produtores, comerciantes, empresários, autônomos, pessoas que querem crescer economicamente, possuem projetos viáveis e se encontram impedidas, por falta de incentivo e dinheiro, de concretizá-los, gerando o bem coletivo .

Sobre esse desejo incontido no próprio orgulho do povo e dos habitantes de Alto Parnaíba, o vereador Elias Elton Amaral Rocha (PDT) reiterou ontem, 28.09, ao Banco do Brasil, em Brasília, pedido de providências aprovado unanimemente pela Câmara Municipal em 15.09.2009, pleiteando, pelas razões ali expostas, a reinstalação ou instalação de nova agência do maior banco brasileiro em nossa terra.

Vejamos trecho do documento:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias