segunda-feira, 26 de setembro de 2011

AMBULÂNCIA DO SAMU NA GARAGEM

O programa Fantástico, da Rede Globo, de ontem denunciou a caótica situação de ambulâncias públicas, principalmente do Samu, em sete estados do país, a maioria parada nas Prefeituras e secretarias estaduais de saúde em consequência da burocracia danosa que impera no serviço público brasileiro.

O município de Alto Parnaíba, no extremo sul do Maranhão, recebeu há uns quatro meses uma ambulância zero quilômetro do governo federal, exatamente do Samu. Pelo que consta, essa ambulância estaria parada por ausência de profissionais capacitados, a partir do motorista e enfermeiros, para a condução e atendimento exigidos pelo programa.

Enquanto isso, a saúde pública em um município distante 1.080 km da capital do estado, com serviço público de saúde abaixo da média, ou mesmo do mínimo tolerável, se dá ao luxo de não utilizar uma ambulância moderna, adaptada, adequada ao transporte de pacientes em estado mais crítico. É preciso que as autoridades municipais da área se mexam, esqueçam a eleição do próximo ano e a vaidade pessoal e se empenhem de verdade em encontrar uma solução imediata para esse problema burocrático, cuja exigência é demasiadamente irreal para a realidade do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias