sábado, 26 de novembro de 2011

MP FISCALIZA USO DE CARROS OFICIAIS

O Promotor de Justiça da comarca de Tasso Fragoso, no sul do Maranhão, Sílvio Mendonça Ribeiro Filho, recomendou no último 1º de novembro ao prefeito Antonio Carlos Rodrigues Vieira, determinados e necessários cuidados com a frota de carros oficiais daquele município, localizado à margem do rio Parnaíba e a 984 km de São Luís, devendo encaminhar à promotoria, em 30 dias, as providências tomadas para o atendimento das solicitações. O Ministério Público do Maranhão também encaminhou cópias do mesmo documento à Câmara Municipal e à Polícia Militar de Tasso Fragoso.

O documento do MP sugere, dentre outras medidas, a confecção de planilha com dados dos veículos, horários em que estão prestando serviços públicos, autorização expressa da Prefeitura para viagens, uso de combustível, relatórios com todas as informações, inclusive gastos e motoristas responsáveis. É a busca do controle em defesa do patrimônio público.

No vizinho município de Alto Parnaíba, uma ambulância da Prefeitura permanece se deteriorando no pátio do hospital público municipal Zuza Soares, conforme denunciamos aqui no blog. Outros veículos oficiais municipais são poucos. Os carros adquiridos pertencem ao prefeito Ernani Soares e filhos. O alcaide recebe 12 mil reais como chefe do poder executivo. É um ótimo salário. Entretanto, não seria suficiente para a aquisição de dezenas de veículos, a maioria luxuosa, em menos de três anos de governo. Aqui, no mais meridional dos municípios do Maranhão e com certeza o de pior administração pública, qualquer carro novo que chega o povo já diz: mais um do prefeito. Se qualquer pessoa quiser vender carro novo, usado, carroça, enfim, até carrinho de brinquedo, eles compram; pagar é que é difícil. Aqui, onde o belo Parnaíba nasce o MP quando agir não será para recomendar o uso correto dos carros oficiais, mas como usar, utilizar e destinar os veículos deles... Ora, isso seria incomum, mas desde que ao povo seja retornado o seu patrimônio, louvável Ministério Público!

Fonte: subsídios do Jornal Pequeno, de São Luis, versão eletrônica, de 25.11.2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias