sexta-feira, 7 de agosto de 2009

O FESTEJO DE SANTA FILOMENA

Santa Filomena é uma pequena e antiga cidade situada no sudoeste do Piauí, povoada a partir da metade do século XIX pelo fazendeiro José Lustosa da Cunha, mais tarde tenente-coronel da Guarda Nacional e barão com o nome do lugar que fundara.

A família Lustosa, com origem em Santos/SP e na frequesia com o mesmo nome em Portugal, teve presença de destaque na povoação do sul e sudoeste do Piauí e de outras cidades do Maranhão, do oeste baiano e do antigo norte de Goiás, hoje estado do Tocantins. Os primeiros desbravadores com o sobrenome Lustosa se situaram na frequesia de Paranaguá, hoje município de Parnaguá, e se expandiram para o restante da região.

Transcorridos mais de dois séculos, os descendentes dessa família de bandeirantes - muitos deixaram de assinar o Lustosa pela mistura natural com outras famílias -, continuam no comandado de seus municípios. Os prefeitos Ernani do Amaral Soares, de Alto Parnaíba, Esdras Avelino Filho, de Santa Filomena e Carlos Lustosa Neto, de Lizarda/TO, exemplificam esse dom político herdado dos primeiros.

Fiz apenas uma pequena ilustração para chegar ao meu tema de hoje.

Desde ontem, 06 de agosto, a população de Santa Filomena - católicos ou não -, participam do festejo de sua padroeira, celebrado até o dia 15. É um momento de congregação, de fraternidade, de tradição e de religiosidade, com os abusos - infelizmente se tornaram comuns -, no exercício crescente do capitalismo sem muita responsabilidade, principalmente no consumo exagerado de bebida alcoolica e até no uso de drogas, que assusta a pequena comunidade.

Entretanto, esse tipo de festividade em cidades pequenas sem outros atrativos, é salutar e a sua realização como festa de todo o povo local é imprescindível, cabendo, todavia, os cuidados das autoridades para evitar excessos, corrigir equívocos verificados nas festas anteriores, promover mais os aspectos culturais e esportivos, enfim, melhorar oferecendo outras alternativas também festivas, que possam afastar crianças e adolescentes de jogos de azar e eletrônicos, entorpecentes, direção perigosa especialmente com motocicletas - que ocasionou ontem no início da noite a morte em um acidente do jovem Thiago Honório de Souza.

Estive ontem no festejo e cheguei a avistar o Thiago, cliente de meu escritório de advocacia. O acidente inicialmente banal, tirou a vida de mais um jovem em nossa comunidade. As duas cidades precisam de sinalização de trânsito e mesmo de guardas municipais, pois os contigentes policiais são mínimos. O Tiago era filho de Valmor Honório de Sousa e Maria Izonilde Viana de Sousa, famílias pioneiras de Santa Filomena.

No mais, o festejo está animado e a presença da Prefeitura Municipal se faz sentir. Por sinal, pelo que soube ontem em Santa Filomena, logo após o término da festividade, a praça matriz, palco das comemorações em louvor à padroeira Santa Filomena, será totalmente reconstruída, uma obra do Prefeito Esdras Avelino Filho. É uma boa notícia, principalmente quando se trata de uma cidade sem saneamento e urbanismo, com muita poeira e o pouco calçamento de péssima qualidade, em sua maioria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu e-mail abaixo para receber um resumo das novas notícias